Semed busca soluções do transporte escolar, e pede colaboração da Seduc para resolver impasse

Segunda-feira, 06 de fevereiro de 2023

Visualizada 2881 vezes

Tratativa com Estado busca resolver problemas no fluxo do aumento do número de alunos que usam o transporte escolar


A Secretaria Municipal de Educação (Semed), informa aos pais e alunos, que as ações para a oferta do transporte escolar urbano para o ano de 2023, já começaram, e que aguarda os trâmites processuais, sobre a demanda de alunos da rede estadual, que é gerida pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

 

O município em contato com a Seduc, sugeriu que sejam reordenadas as matrículas e linhas do transporte para a escola Marechal Rondon, para atender aos alunos das escolas estaduais. Até os devidos ajustes, a estimativa da Semed é que em até duas semanas, todas as demandas do transporte escolar sejam solucionadas e com os dados atualizados, para que o serviço possa ser ofertado garantindo o acesso e permanência aos alunos da rede estadual.

 

De acordo com Flávio de Jesus, secretário municipal de Educação, o município não tem dados precisos de quantos alunos do Estado tem que atender. “Nossa meta é colaborar com todos os alunos, porém a Seduc não nos fornece dados precisos ou aproximados, de quais, e onde estão os alunos para realizarmos o transporte, tendo a nós, toda a responsabilidade destes alunos do Estado. Vamos realinhar o contrato, para termos mais ônibus e suprir a demanda da rede estadual”, destaca o secretário.

 

A ação para realizar o realinhamento junto às empresas que realizam o transporte escolar no município, está em análise pela Procuradoria Geral do Município, e a estimativa é que chegue a 15 veículos para solucionar toda a demanda excedente. Enquanto a situação não se regulariza, a Semed realiza o pré-cadastro, que deveria ser feito pela Seduc, junto aos pais e responsáveis, para identificar onde estão estes alunos da rede rstadual, assim viabilizando melhores rotas, buscando evitar o tráfego desnecessário de ônibus por falta de dados por parte do Estado.

 

Edson Ramos, chefe do transporte escolar da Semed, aponta que diversos ofícios foram enviados para a Seduc, porém, sem resposta até então. “Estamos solicitando atualização da lista de alunos da área urbana para realizarmos a rota correta, porém, sem sucesso no retorno. Não há dados de quantos alunos do Estado estão na área urbana do município, devido o cadastro não ter sido feito pela Semed, e sim pela Seduc. Porém, foi nos passado na última quinta-feira, 2, a incumbência de fazer este pré-cadastro, as vésperas do retorno das aulas, portanto precisamos de um reordenamento urgente, cabendo a nós então mapear todos estes dados”, destaca Edson.

 

A Semed fará este estudo, mapeando onde estão os alunos da rede estadual que necessitam do transporte escolar, e aponta que levará cerca de duas semanas, visando a melhor rota que agregará os alunos da rede estadual, junto aos alunos da rede municipal.

 

Mais informações podem ser obtidas na secretaria, através do telefone (69) 3321-4300, ou indo de forma presencial, na avenida Sabino Bezerra de Queiroz, nº 4134, no bairro Jardim América.

 

Semcom

 Galeria de Fotos

 Veja Também

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: 7h - 13h