Prefeitura declara estado de emergência em saúde

Terça-feira, 24 de janeiro de 2023

Visualizada 841 vezes


Na tarde desta terça-feira, 24, o prefeito de Vilhena, Delegado Flori Cordeiro, assinou o decreto nº 59.358/2023, publicado na edição extraordinária do Diário Oficial de Vilhena de nº 3660, que declara o estado de emergência em saúde na cidade de Vilhena. O decreto pode ser acessado, através do link: https://bit.ly/DOV3660.

 

Com a nova administração tomando posse, a partir do dia 1º de janeiro, foi feito um relatório, que buscava o levantamento do estado do que envolve as unidades de Saúde no município. O relatório aponta que a gestão administrativa se apresentou inexistente, o que torna quase todos os serviços prestados à população de forma insatisfatória, e em alguns casos, omissa.

 

Com a criação do Comitê de Reestruturação e Monitoramento, novas medidas serão tomadas, a partir desta quarta-feira, 25, e novas informações serão divulgadas nos próximos dias.

 

Veja o decreto na íntegra:

 

DECRETO Nº 59.358/2023

 

DECLARA EMERGÊNCIA EM SAÚDE PÚBLICA E ADOTA MEDIDAS DE ENFRENTAMENTO.

 

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE VILHENA, Estado de Rondônia, no exercício regular de seu cargo e no uso das atribuições que lhe conferem os incisos IX e XXVI, art. 96, da Lei Orgânica do Município,

 

CONSIDERANDO que atual gestão do Executivo Municipal tomou posse em 1º/01/2023, em face da eleição suplementar realizada em 30/10/2022 e diplomação em 02/12/2022; e

 

CONSIDERANDO os fatos consubstanciados em relatório e documentos constantes do Ofício nº 017/2023, da Secretaria Municipal de Saúde - Processo Administrativo Eletrônico nº 1513/2023;

 

D E C R E T A:

 

Art. 1º EMERGÊNCIA EM SAÚDE PÚBLICA que deverá perdurar enquanto não forem alteradas as evidências técnicas da saúde pública municipal.

 

Art. 2º Fica criado o Comitê de Reestruturação e Monitoramento com o objetivo de estabelecer e divulgar ações para solucionar os fatos apresentados:

I - Prefeito do Município: Flori Cordeiro de Miranda Junior, matrícula 16305;

II - Procuradoria Geral do Município: Bartolomeu Alves da Silva, matrícula 6195;

III - Secretaria Municipal de Saúde: Richael Menezes Costa, matrícula 16266;

IV - Secretaria Municipal de Assistência Social: Rogerio Sidinei Golfetto, matrícula 2589; e

V - Representante do Conselho Municipal de Saúde: Maria Luiza Machado Ramos.

§ 1º O Comitê será presidido pelo Prefeito do Município, devendo ser substituído em suas ausências e impedimentos pelo Secretário Municipal de Saúde.

§ 2º O Comitê se reunirá de forma ordinária, quinzenalmente, para fins de deliberação e acompanhamento das ações e medidas aplicadas e, extraordinariamente, quando necessário for, a critério do Presidente e seus membros.

§ 3º Compete ao Comitê a orientação e fiscalização das ações necessárias para mitigar os problemas apresentados e que ainda possam surgir.

§ 4º Os membros do Comitê não receberão remuneração ou vantagem, sendo considerado serviço público relevante.

 

Art. 3º O Comitê poderá efetivar a requisição de bens e serviços, tanto de pessoas naturais como de jurídicas, nos termos do inciso XIII, art. 15, da Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990.

 

Art. 4º Fica autorizada a contratação com entidade filantrópica para realização de convênio de adesão ao SUS.

 

Art. 5º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

 

Gabinete do Prefeito, Paço Municipal

Vilhena - RO, 24 de janeiro de 2023

 

Flori Cordeiro de Miranda Junior

PREFEITO

 Galeria de Fotos

 Veja Também

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: 7h - 13h