R$ 3 bilhões: Vilhena fica em 1º no ranking estadual do interior no faturamento de empresas no 1º trimestre de 2022, veja dados

Quarta-feira, 06 de julho de 2022

Visualizada 564 vezes

Crescimento de quase 50% no faturamento das empresas locais de 2021 para 2022 é puxado pelo comércio


Relatório da Sefin (Secretaria de Estado de Finanças) revela que Vilhena foi a cidade que teve as empresas com o maior faturamento no primeiro trimestre de 2022 no interior de Rondônia, com R$ 3 bilhões em vendas. O valor é 57% maior que o da segunda colocada, Ariquemes, e representa crescimento de quase 50% em relação ao mesmo período do ano passado. Nesta elevação, o comércio foi o principal responsável pela melhora no faturamento, representando 72% de todo o crescimento.

“Também sou empresário e fico feliz em receber estes dados da Sefin, que são uma análise técnica demonstrando como a economia local está indo bem no quadro geral. É impressionante ver que somando todos os municípios de Rondônia, Vilhena represente 14,4% do faturamento das empresas rondonienses. A cidade é realmente uma potência de negócios. Tenho satisfação em poder ajudar na obtenção desses resultados, pois atualmente temos projetos avaliados em mais de R$ 150 milhões em execução na cidade, que geram emprego, renda e desenvolvimento”, explica o prefeito Eduardo Japonês.

O documento é o Boletim da Receita Estadual - Edição Especial n° 61, elaborado e publicado pela Coordenadoria da Receita Estadual com dados dos documentos fiscais eletrônicos e dos sistemas da Sefin de Rondônia.

As planilhas revelam que as empresas de Vilhena faturaram R$ 2,050 bilhões de janeiro a março de 2021 e R$ 2,997 bilhões no mesmo período de 2022, um aumento de R$ 946 milhões, que representou elevação de 46,2%. Deste valor a mais neste ano, a maior participação é do comércio atacadista e varejista (72,2%), seguido da indústria (20,4%) e da agropecuária (4,3%), com os restantes 3,1% distribuídos em outras atividades.

Rondônia, de forma geral, registrou melhora no faturamento das empresas no período, saindo de R$ 23,8 bilhões para R$ 30,4 bilhões, uma elevação de 27,6%, o que significa que as empresas vilhenenses tiveram elevação no faturamento 68% acima da média de aumento estadual.

Com 549 mil habitantes, Porto Velho foi a cidade que teve o maior valor de faturamento das empresas no período, com R$ 9,2 bilhões de janeiro a março de 2022. No entanto, a média per capita é inferior à de Vilhena, sendo R$ 16,8 mil na capital contra R$ 28,7 mil no Portal da Amazônia. Este valor alcançado pelos empresários vilhenenses também se destaca no ranking das 10 cidades com mais faturamento, que representam 80% do aumento deste ano, perdendo apenas para Cerejeiras, com R$ 49,7 mil por habitante.

Rita Marta Correa, agente de desenvolvimento da Secretaria Municipal de Turismo, Indústria e Comércio (Semtic), conta que a Prefeitura desenvolve grandes projetos em prol do comércio local e dos empreendedores, principalmente os pequenos, sendo, inclusive, referência estadual no tema. “Ganhamos recentemente o prêmio Prefeito Empreendedor Rondônia 2022 do Sebrae como a Melhor Sala do Empreendedor do Estado. Esta é uma entidade que funciona sob a coordenação da Semtic e que já fez quase R$ 10 milhões de solicitações de microcrédito além de realizar centenas de atendimentos por mês com orientações, capacitações, abertura e baixa de MEI, declarações anuais e outros auxílios. Certamente isso contribuiu para a manutenção e criação de milhares de empreendedores, atores importantíssimos no movimento econômico local”, lembra.

O relatório original e os dados compilados estão em anexo à matéria. A Casa do Empreendedor funciona no Paço Municipal da Prefeitura de Vilhena de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h. Mais informações podem ser conseguidas pelo número 3322-6727, que também funciona como WhatsApp.

 

Semcom

 Galeria de Anexos

 Boletim Receita Estadual

 Galeria de Fotos

 Veja Também

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: 7h - 13h