Obras do Centro Municipal de Castração da Prefeitura têm investimento de R$ 400 mil

Sexta-feira, 13 de maio de 2022

Visualizada 109 vezes

Vilhena é a primeira cidade do Sul de Rondônia a construir um centro especializado para castração animal


Ouvir matéria

Está sendo construído em Vilhena o Centro Municipal de Castração, destinado ao controle da população de cães e gatos de rua na cidade. O prédio tem investimento de R$ 400 mil oriundos de emenda do deputado estadual Luizinho Goebel e fica na rua Ana Néri, no bairro Alto Alegre, em frente à Escola Maria Arlete Toledo. O objetivo é promover castrações gratuitamente para evitar que a proliferação de animais sem dono continue a causar acidentes de trânsito, ataques a moradores, transmissão de doenças e sofrimento aos próprios pets.

 “Esta será uma importante unidade de saúde do município, pois vai colaborar para reduzir a circulação de zoonoses, que são as doenças que passam de animais para humanos. Esse controle vai melhorar a qualidade de vida na cidade, além de ser uma ação que leva em consideração a situação triste que muitos animais se encontram, sofrendo maus tratos nas ruas, buscando alimentação no lixo e sendo violentos uns com os outros”, explica o secretário municipal de Saúde, José Aparecido.

 O prefeito Eduardo Japonês e o secretário municipal de Obras, Marcelo “Boca”, acompanham a execução dos trabalhos no canteiro de obras. “Em nossa gestão ampliamos o debate sobre a causa animal, reunindo as associações, ongs, profissionais de veterinária, voluntários, Ministério Público, vereadores e especialistas em geral. Essa obra é resultado deste amplo debate que realizamos para que, com uma ação de longo prazo, possamos resolver o problema de maneira definitiva, sem paliativos ou ajudas temporárias que não atacam a causa da celeuma”, conta Japonês.

 Luizinho Goebel lembra que o prédio é uma evolução de projeto anterior. “Inicialmente havíamos previsto a disponibilização de um castramóvel, em uma van. No entanto, como a necessidade é maior do que o veículo poderia comportar, aumentamos a contribuição para a causa animal e destinamos verba maior para a construção do Centro Municipal de Castração. Estou contente porque aqui serão realizados os procedimentos cirúrgicos que evitarão a reprodução descontrolada de cães e gatos na cidade e a diminuição do número dos animais abandonados vai se concretizar”, garantiu.

 Com quase 140 metros quadrados de área construída, o Centro será composto por salas de cirurgia, esterilização e higienização, bem como depósitos, copa, sala de pré e pós-operatório, consultório, recepção e banheiros. A obra já tem várias paredes levantadas e começa a entrar na fase de instalação da cobertura.

 Semcom

 Galeria de Fotos

 Veja Também

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: 7h - 13h