Concretagem de piso usina de asfalto em Vilhena começa: primeiros testes devem ser ainda neste ano

Quinta-feira, 25 de novembro de 2021

Visualizada 317 vezes

Reclusos do Centro de Ressocialização Cone Sul, de Vilhena, trabalham no local


Ouvir matéria

A pavimentação de vários bairros de Vilhena, recapeamento de muitas avenidas e também de cidades do Cone Sul será possível no início de 2022 com o término da instalação da usina de asfalto nas próximas semanas. A implantação do equipamento na cidade é fruto da parceria entre o Governo de Rondônia e a Prefeitura de Vilhena, por determinação do governador Coronel Marcos Rocha com execução do diretor geral do DER, Elias Resende, e apoio do prefeito Eduardo Japonês.  

Nesta semana está sendo feita a concretagem do piso no local por meio da mão de obra de apenados do Centro de Ressocialização Cone Sul. Executada pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes), a implantação da usina é prevista de ser encerrada pelo órgão já em dezembro, quando devem acontecer os primeiros testes e calibragem da máquina, bem como treinamento da equipe. A produção de pavimento para atender Vilhena e região começa no início de 2022. 

O trabalho dos detentos é mais uma parceria do Centro de Ressocialização com autorização do juiz Adriano Toldo e do Ministério Público, com permissão de cinco apenados para trabalharem no espaço.

“Estamos acompanhando de perto e felizes por ver que a cidade ganha muito com parcerias que dão resultados práticos para milhares de pessoas. Após a concretagem do piso, as próximas etapas envolvem aterrar a rampa de acesso, fechamento da cerca com alambrado e colocação e montagem da usina no posicionamento final. Nos primeiros meses de 2022 estaremos lá para mostrar ela em funcionamento. Agradeço ao coronel Marcos Rocha e ao Elias Resende pelo empenho excepcional”, disse o prefeito Eduardo Japonês.

O engenheiro civil do DER e gerente da usina, Diego Delani explica o andamento da instalação. “As obras da usina seguem em ritmo acelerado. Aqui estamos com uma força-tarefa dos DER de Colorado, Vilhena e Ji Paraná, além da Prefeitura de Vilhena, hoje ganha mais força com a mão de obra do sistema penitenciário fechado. Com eles as obras estão sendo concluídas antes do prazo. Os serviços executados são execução da rampa para abastecimento dos silos e piso de aproximadamente 20 cm de concreto para receber a usina e seus implemento”, comenta.

Esta é a sexta usina de asfalto CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente) do Governo de Rondônia, sendo uma das maiores do Estado. O terreno é da Prefeitura de Vilhena e o trabalho inicial de preparo da terra também foi feito pela Secretaria Municipal de Obras. A administração será compartilhada entre o poder público municipal e estadual.

As rodovias RO com tráfego grande de veículos pesados para escoamento das plantações da região também serão beneficiadas na região com a usina, que servirá de base para o programa “Tchau Poeira”. Em Vilhena devem ser investidos pelo Governo do Estado R$ 20 milhões em pavimentação nova e recapeamentos em vários bairros da cidade em 2022 através do programa.

 

Semcom

 Galeria de Fotos

 Veja Também

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: 7h - 13h