ÚLTIMAS NOTÍCIAS /

BOLETIM PMV Nº 136 - 29/07/20 - CORONAVÍRUS (COVID-19)

Quarta-feira, 29 de julho de 2020

Visualizada 285 vezes


Vilhena registrou um novo óbito e 52 novos casos confirmados de vilhenenses com covid-19, sendo 10 por RT-PCR, 32 por teste rápido e 10 por vínculo epidemiológico. Além disso, foram identificados 30 novos casos suspeitos, um resultado negativo e 44 recuperados. Dessa forma, Vilhena registra até as 19h de hoje: 1.342 casos confirmados de vilhenenses, sete positivados moradores de outras cidades, 19 óbitos de vilhenenses, cinco óbitos de moradores de fora e 176 casos suspeitos. Há atualmente no município 316 casos ativos de moradores de Vilhena, bem como 1.008 já recuperados e oito transferidos.

(Esta mudança de óbito de Pimenta Bueno para Vilhena, já foi incluída na soma de números no boletim do dia 25. Assim, o número total não muda no de hoje, novamente).

O óbito registrado hoje é de paciente do sexo feminino com 61 anos e já havia sido divulgado no boletim de 25 de julho. Porém, após investigação epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde com a família da vítima, foi identificado que a paciente já estava no município há mais de 30 dias. Isso significa que o contágio ocorreu em Vilhena e que, apesar de ter residência em Pimenta Bueno, a paciente passa a ser contada como um óbito de Vilhena. Internada no dia 23 já com necessidade de respirador, a paciente teve evolução rápida dos sintomas e veio a óbito no sábado, 25. 

Há 15 pacientes internados em isolamento na Central de Atendimento à Covid-19, sendo sete na UTI, dos quais cinco com necessidade de respirador (quatro do sexo masculino com 34, 70, 71 e 76 anos e um do sexo feminino com 88 anos), bem como outros dois pacientes na UTI, sem necessidade de respirador, ambos do sexo feminino com 42 e 77 anos. Outros oito pacientes estão internados na Enfermaria da Central, quatro do sexo masculino com 29, 57, 61 e 88 anos e quatro do sexo feminino com 34, 35, 66 e 73 anos. Todos os internados têm resultado positivo para covid-19. A taxa de ocupação de leitos da Central de Atendimento à Covid-19 é de 41,7% (sendo 70% na UTI e 31% na Enfermaria).

A alta taxa de contaminação do novo coronavírus na cidade motivou a Prefeitura de Vilhena a incluir novas restrições no decreto municipal que trata do combate à pandemia, após reunião do Comitê Gestor Municipal de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus em Vilhena, na semana passada. Veja o texto completo e saiba as deliberações em: 

http://www.vilhena.ro.gov.br/index.php?sessao=b054603368vfb0&id=1412964.

No começo desta semana, a direção do Ifro (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia) de Vilhena esteve no Gabinete do Prefeito para debater possíveis parcerias de combate ao novo coronavírus com o Município, como a fabricação de faceshields (protetores faciais), álcool 70%, estágios, sistemas informatizados, entre outros. Saiba os detalhes desta nova parceria em:  http://www.vilhena.ro.gov.br/index.php?sessao=b054603368vfb0&id=1412965.

Em continuação à série de reportagens na qual a Secretaria de Comunicação (Semcom) analisa o histórico da covid-19 em Vilhena, hoje será considerada a taxa de contaminação na cidade em comparação com o Estado. Desde que a cidade atingiu 200 casos confirmados os dados mostram que Vilhena apresenta média de disseminação do novo coronavírus, proporcionalmente, maior que a média estadual. E, ainda que o percentual de aumento total esteja em queda, a quantidade de vilhenenses com o novo coronavírus que passa a doença para outros cresceu nos últimos 20 dias. Em atenção aos dados, a Secretaria de Saúde (Semus) promove nova rodada de alertas à população, frisando enfaticamente a necessidade dos cuidados já divulgados. Saiba os detalhes, lendo o texto completo em: http://www.vilhena.ro.gov.br/index.php?sessao=b054603368vfb0&id=1412990.

O Estado registrou até hoje 37,6 mil casos confirmados e 855 óbitos. No Brasil o número de casos confirmados já ultrapassou 2,555 milhões, com 90,1 mil mortes. No mundo são 17,1 milhões de casos confirmados e 669 mil mortes.

ATENDIMENTO - Pessoas que tenham sintomas ou se considerem suspeitas de ter covid-19 devem procurar os postos de Saúde em Vilhena. Aos fins de semana a unidade em funcionamento é a Afonso Mansur, na avenida Brigadeiro Eduardo Gomes (das 7h às 19h). Leia todo o protocolo de atendimento no link: http://www.vilhena.ro.gov.br/index.php?sessao=b054603368vfb0&id=1411266.

DENÚNCIAS - Denúncias de descumprimento de normas de Saúde podem ser feitas pelos números: 190 da Polícia Militar (24h) ou 3322-1936 da Vigilância Sanitária (7h às 17h30, de segunda a sexta-feira).

MAPA - Veja mapa, gráficos e tabelas dos casos da cidade no Painel Covid-19 Vilhena disponível no site da Prefeitura, no menu “Serviços” e também pelo link  direto: www.bit.ly/painelcovidvilhena.

TESTES - Os testes podem ser feitos somente após encaminhamento médico de posto de Saúde. Para entender em detalhes como funcionam os testes disponíveis na cidade, tanto os de método rápido como de laboratório, leia a nota explicativa da Prefeitura em: www.bit.ly/testescovid19vilhena.

 

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde

 Galeria de Fotos

 Outras Notícias

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: 7h - 13h