ÚLTIMAS NOTÍCIAS /

Produtores aprendem técnicas avançadas de enxerto e plantio com especialista de SP

Quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Visualizada 208 vezes

Evento na Apronvida reuniu dezenas de agricultores familiares pela Semagri após visitas de engenheiro agrônomo em propriedades do município, veja os slides


Bancando a passagem do especialista com recursos próprios, o prefeito Eduardo Japonês trouxe a Vilhena o engenheiro agrônomo paulista João Adão de Oliveira, que ministrou palestra gratuita nesta quinta-feira a dezenas de pequenos agricultores da Associação de Pequenos Produtores Rurais Nova Vida (Apronvida). O evento contou com a presença de autoridades do agronegócio local e também com o presidente da Câmara de Vereadores, Ronildo Macedo.

Organizada pela Semagri (Secretaria Municipal de Agricultura), a palestra revelou detalhes importantes sobre tecnologias que podem multiplicar por 4 a produtividade de tomates, pepinos e outras culturas presentes nos campos vilhenenses. “Em meu viveiro, produzo tomates de até 220 gramas, um ganho de cerca de 20% em relação aos métodos convencionais. Conseguimos até 22 kg de tomate por planta a cada 6 meses, com plantas de até 6 metros de extensão. Se continuássemos no modo tradicional de plantio não chegaríamos a 5 kg de frutos por planta. No entanto, temos a mentalidade de produzir plantas recordistas e tomates ‘campeões’”, conta João.

Acesse neste link os slides da apresentação feita nesta manhã http://bit.ly/palestraenxertoonline ou faça o download direto do material pelo link  http://bit.ly/palestraenxertodownload.

O prefeito Eduardo Japonês lembrou que é necessário se adequar à era da informação para ser um agricultor bem sucedido, mesmo que em pequenas propriedades. “O mundo está cada vez mais competitivo e apenas os bons vão ficar. É necessário estudar e se dedicar em produzirmos mais. Na cidade temos centenas de viveiros em potencial. Cada um de vocês pode ser um viveiro com enxertos que vão melhorar a produtividade e gerar mais renda para suas famílias. Estamos dando a oportunidade de isso acontecer, espero que possam aproveitar!”, garantiu.

Por sua vez o secretário municipal de Agricultura anunciou no evento que a Semagri em breve lançará curso de classificação e embalamento para as mulheres do campo. “Como sempre digo: nosso foco é o produtor. Queremos que vocês aprendam a produzir mais e nossos esforços são assim. O prefeito também é produtor rural e sabia que se demorássemos para trazer essa palestra, o início do plantio do ano que vem poderia ser feito sem que esse conhecimento fosse repassado. Assim ele decidiu trazer do próprio bolso o João. Isso mostra o nível de comprometimento que a administração tem com a zona rural do município”, explicou.

Ronildo Macedo elogiou a iniciativa e se mostrou interessado na palestra, assistindo-a ao lado do prefeito, na primeira fileira. “Quando digo que o Jair está ficando forte, é verdade. Ele sabe o que está fazendo e eventos como esse são a prova de que o setor produtivo responde bem às iniciativas da Prefeitura nesta gestão: um evento repleto de agricultores que agora poderão melhorar seu faturamento. É um prazer apoiar e fazer parte dessa transformação no campo”, completou.

João Oliveira revelou que essa mudança de mentalidade e sucesso das técnicas dependem de investimento, mas o retorno vem. “O custo final de uma muda enxertada de alta produtividade é pouco mais de R$ 2. Ela é mais cara que a tradicional, mas produz até 50% mais. O investimento tem retorno bom e, caso todos os cuidados sejam tomados, é possível agregar valor ao produto do início ao fim da produção”, conta o especialista.

Estavam no evento também o engenheiro agrônomo Alessandro Pedralli da Silva, da Emater, presidentes de associações agrícolas da cidade, produtores de municípios próximos e interessados em geral, bem como o corpo técnico da Semagri, que agora também poderá repassar os conhecimentos a todos os agricultores familiares no município.

 

Semcom

 Outras Notícias

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: 7h - 13h